Recent-Post

Da seleção aos médicos. Reveladas cláusulas do contrato entre Messi e PSG


Clube francês está obrigado a libertar o jogador para a Argentina. Mas há mais.


Lionel Messi é, oficialmente, reforço do Paris Saint-Germain, tendo assinado um contrato válido para as próximas duas temporadas, com mais uma de opção, que contempla um vencimento próximo dos 30 milhões de euros por ano.


O vínculo contém, ainda, duas curiosas cláusulas pelas quais o antigo jogador do Barcelona fez questão de 'bater o pé' durante o processo de negociações, e que são reveladas, esta quarta-feira, pela estação televisiva argentina TyC Sports.


O primeiro dos pontos da ligação entre ambas as partes estipula que o avançado de 34 anos irá dar prioridade à seleção argentina, o que significa que os vice-campeões franceses terão sempre que o libertar, seja para jogos oficiais ou de cariz particular.


Já o segundo, permitirá à equipa médica da Federação argentina (AFA) "ter acesso às instalações" do Paris Saint-Germain para tratar qualquer tipo de problema físico que Lionel Messi possa vir a sofrer durante a estadia na capital francesa.

Enviar um comentário

0 Comentários