Recent-Post

João Mário completa a polémica mudança do Benfica

 


João Mário transferiu-se para o Benfica por transferência gratuita, após alegadamente ter rescindido o seu contrato com o Inter de Milão para completar a sua transferência para as águias, vencendo o antigo clube do Sporting.


O ausente internacional de Portugal assina um contrato de cinco anos com o Estádio da Luz, após meses de especulações que o ligam a uma mudança definitiva para o Sporting, onde conquistou a Primeira Liga na época passada, emprestado pelos 'Nerazzurri' .


Em vez disso, após a confirmação da rescisão do seu contrato com o Inter na segunda-feira, João Mário torna-se na primeira grande contratação do Benfica neste verão, reunindo com o antigo treinador Jorge Jesus.


Dizia-se que a hierarquia do Sporting não correspondia à avaliação do Inter antes que o Benfica se interessasse pelo alvo do meio-campo do seu rival.


Uma cláusula anti-rival impediu, no entanto, o negócio de levar João Mário para a outra metade de Lisboa. Mas chegando à nova semana, as águias e o campeão do Euro 2016 parecem ter encontrado uma brecha.


De acordo com notícias generalizadas, João Mário comprou ele próprio o resto do seu contrato, igualando a avaliação de 7 milhões de euros que o Inter lhe tinha pela cabeça, antes de assinar um contrato de cinco anos com o seu novo clube, o Benfica.


Pensa-se que os homens de Jesus, agora temporariamente chefiados por Rui Costa como presidente, tenham devolvido ao jogador os 7 milhões de euros em taxas de contrato, evitando, por agora, a cláusula anti-rival estipulada de 30 milhões de euros inicialmente em vigor com o Sporting. Inter ao vender o jogador de 28 anos em 2016.


O Sporting, que desde então mudou as suas atenções para Manuel Ugarte, de Famalicão, confirmou numa declaração do clube que irá contestar a legalidade da violação da cláusula, mantendo o Inter firme contra os Leões após emitir um comunicado próprio.

Enviar um comentário

0 Comentários