Recent-Post

Detido empresário Momad Rassul!


Foi preso esta semana, em Maputo, um  empresário de Nampula de nome Momad Rassul,  acusado de um crime de burla. Rassul, segundo fontes da "Noticiasmz”, teria passado um cheque sem cobertura a um outro empresário também de Nampula.


Ainda de acordo com fontes do tribunal de Nampula, Momad Rassul andava fugitivo desde 2019, pelo que só foi localizado agora e está detido numa das esquadras da cidade de Maputo. Hoje vai ser apresentado a um juiz de instrução e espera-se que a sua prisão seja legalizada.


Momad Rassul não é novo nas falcatruas. Há uns anos atrás pediu emprestado ao defunto Novo Banco um valor de aproximadamente 50 milhões de dólares. Apresentou garantias falsas ao banco que nunca mais reaveu o dinheiro. Em 2013, simulou um incêndio num dos seus  armazéns em Nacala, a S & S Cimentos, e a EMOSE teve que pagar 240 milhões de meticais de seguros.


Em 2017,  foi preso pela PGR por crimes de branqueamento de capitais, fraude fiscal, contrabando e enriquecimento ilícito. No entanto,  viria a pagar uma caução de oito milhões de meticais para responder o processo  em liberdade. Em 2019, foi ilibado no julgamento.


Importa salientar que Momad Rassul é sobrinho de Momade Bashir Suleimane (MBS),  e ele é que importava mercadorias para o partido Frelimo. Era muito próximo ao  ex- ministro da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia. No julgamento de 2019, Cuereneia foi chamado como declarante. E a casa onde ele vive hoje, na Sommerschield II, foi oferta de Momad Rassul, comprada por um milhão e duzentos mil dólares.


Momad Rassul tem uma dívida de aproximadamente 500 milhões de dólares. Deve aos empresários locais- muitos deles fecharam as portas por causa dele- e aos estrangeiros.



Enviar um comentário

0 Comentários