Braço direito de Nhongo abandona junta militar da RENAMO e entregasse as FDS


Paulo Filipe Nguirangue de 65 anos de idade foi apresentado à comunicação social esta Sexta-feira, segundo escreve o jornal O País que avança que o homem era responsável pelo ataque a viaturas civis nas Províncias de Manica e Sofala.

De acordo com o jornal O País, o chefe do estado maior da junta militar da Renamo manifestou o desejo de ser abrangido pelo DDR

Paulo Filipe Nguirangue, que diz ser general e um dos braços direito de Mariano Nhongo, entregou-se às  autoridades policiais em Sofala.

Nguirangue levou consigo uma arma do tipo AKM e quer fazer parte do DDR, conforme informou em instantes o jornal ``O país ``.

Esta é a segunda grande baixa da Junta Militar, pois perdeu também o seu antigo porta-voz, João Machava,  que já foi enquadrado no processos de DDR, tendo recentemente retornado à sua zona de origem.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem