Mambinhas na final da Cosafa e no CAN-2021 em sub-20


A selecção nacional de sub-20, os Mambinhas, qualificou-se para a final do torneio regional da Cosafa após afastar a Zâmbia na marcação das grandes penalidades, por 5-4. Com esta qualificação a final, os Mambinhas asseguram também a qualificação inédita ao CAN da categoria, que terá lugar próximo ano.

Na partida da meia-final diante da Zâmbia, os Mambinhas experimentaram muitas dificuldades desde o início da partida, com o adversário a querer assumir o protagonismo e o favoritismo, mas a encontrar uma equipa com créditos já consolidados, até porque grande parte dos jogadores fizeram parte da seleção vice-campeã regional de sub-17, de 2019.

Aliás, o árbitro tswana que ajuizou a partida ainda ajudou os zambianos quando expulsou, de uma sentada o lateral esquerdo dos Mambinhas Belarmino Manhice, por entrada sobre um adversário, depois de ter mostrado primeiro o cartão amarelo, e o seleccionador nacional, Dário Monteiro, por reclamar as suas decisões.

Estavam decorridos ainda 39 minutos.

Mas os Mambinhas conseguiram segurar o nulo até ao intervalo.

Na segunda parte a toada foi sempre a mesma, com a Zâmbia a chegar com mais perigo da selecção nacional, a criar mais jogadas de perigo, mas sem conseguir o golo. Os Mambinhas, por seu turno, tentavam sacudir a pressão e de forma tímida esboçaram uma reação.

Os instantes finais foram de autêntico sufoco para os Mambinhas, com o guarda-redes Kimiss Zavala a ser o herói, ao defender todas bolas com selo de golo.

Nas grandes penalidades, Kimiss Zavala voltou a ser gigante ao defender o segundo pênalti dos zambianos, apontado por Jonh Chishimba, carregando a seleção nacional para o feito inédito. Dércio Augusto confirmou a passagem à final e a qualificação inédita ao CAN-2021, de sub-20.

Na final deste domingo, quando forem 15H00, os Mambinhas defrontam a Namíbia, que afastou Angola com vitória por uma bola sem resposta.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem