MERCADO XIPAMANINE ENCERRA PARA LUTAR CONTRA COVID-19

MERCADO XIPAMANINE ENCERRA PARA LUTAR CONTRA COVID-19
MERCADO XIPAMANINE ENCERRA

MERCADO XIPAMANINE ENCERRA PARA LUTAR CONTRA COVID-19

Encerrado. É assim que o mercado do Xipamanine, localizado na Cidade de Maputo acordou esta segunda-feira.


Como as autoridades haviam anunciado, o mercado com 11 mil vendedores, dos quais 5 mil no sector formal e 6 mil no informal fechou as portas temporariamente para criar mecanismos de prevenção da Covid-19, daí que está em curso o processo de limpeza, desinfecção e demarcação de novos espaços que respeitam o distanciamento social para os vendedores informais.

O acampamento da salubridade, pavilhões e campo de futebol são os locais onde os vendedores Informais serão acomodados.

O pelouro de saúde e Acção social na autarquia de Maputo considera que com a requalificação do mercado xipamanine visa garantir a redução do risco de contágio pela COVID-19. Hélder Muando que dirige aquele sector diz que “estamos aqui a criar condições e a garantir que os vendedores que forem instalados aqui em condições de fazer o distanciamento previsto no decreto presidencial”. 

Lembrar a todos que o encerramento decorreu num ambiente pacífico, embora que também tinham cidadãos frustrados, mas tudo ficou controlado devido a intervenção da polícia canina, polícia municipal e a unidade de intervenção rápida, e também estiveram equipes de saúde no local para proceder com a desinfecção do mercado.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem